saiba como e calculada a selic meta e para que ela serve

Saiba como é calculada a Selic Meta e para que ela serve

A Selic Meta está envolvida em qualquer tipo de discussão financeira. Isso porque quando há alguma alteração nessa taxa, toda a economia é afetada de forma positiva ou negativa. 

O termo Selic é na verdade a sigla para Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, utilizado pelo Banco Central para controlar a inflação no país, influenciando também todas as taxas de juros presentes no país. 

Por isso, se você é um investidor ou deseja apenas compreender como funcionam as taxas de juros no país, é fundamental compreender o funcionamento da Selic Meta. Neste post, entenderemos como essa taxa é calculada e que fatores podem influenciá-la. 

Qual é a Selic Meta?

A Selic Meta é a taxa que representa os juros da economia básica no país. Os seus movimentos influenciam qualquer tipo de taxa de juros no Brasil, seja para um banco concedendo um empréstimo para o seu cliente, ou para um investidor que deseja receber o retorno de uma determinada aplicação financeira. 

A taxa Selic Meta é equivalente às operações feitas diariamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, gerenciado pelo Banco Central. Essas operações se tratam de empréstimos de curto prazo — mais precisamente, de um dia — feitos por instituições financeiras para encerrarem o dia com o caixa equilibrado, como o Banco Central exige. 

Assim, para determinar a taxa de juros envolvidas nessas operações diárias entre bancos e instituições financeiras, existe a taxa Selic Meta, que consequentemente serve como base para todas as outras taxas de juros presentes no país. 

Como é calculada a Selic Meta?

A taxa é calculada de forma eletrônica pelo sistema Selic, exigindo dados específicos e uma fórmula complicada. A taxa é divulgada mensalmente pelo Banco Central, portanto, não é da nossa preocupação fazer esse cálculo. 

Porém, podemos calcular a Selic meta acumulada. Para isso, é só somar todas as taxas Selic divulgadas no Site da Receita Federal. Também temos disponível a Calculadora do Cidadão do Banco Central, que permite realizar o cálculo de forma ainda mais prática.

Quais são os fatores que influenciam a Selic Meta?

A Selic Meta é definida pelo Comitê de Política Monetária (COPOM), formado por membros e diretores do Banco Central. Para definir se a Selic Meta deve baixar ou subir, a COPOM considera as pressões inflacionárias, perfis dos títulos públicos federais e nível de renda da população. 

Quanto aos títulos públicos, os juros envolvidos nas suas negociações estão diretamente envolvidos no prazo de vencimento e risco da operação, com essas taxas podendo ser maiores ou menores dependendo da situação. 

Para que serve a Selic Meta?

O Banco Central determina que os bancos devem encerrar suas atividades diárias com o caixa equilibrado. Essa medida é tomada para evitar que ocorra excesso ou falta de dinheiro em circulação. 

Para que essa regra seja cumprida, os bancos realizam empréstimos entre si, com duração de 1 dia. A Selic Meta serve para determinar a taxa de juros desses empréstimos feitos entre as instituições bancárias, servindo como parâmetro para determinar as outras taxas de juros do país. 

Qual é o objetivo da Selic Meta?

A Selic Meta é de grande importância na economia do país com um objetivo muito claro: manter a economia do país estável. Ela evita que ocorra algum descontrole de preço, situação que o país já viveu em décadas passadas, causando a perda do poder de compra. 

Quando a Selic Meta aumenta, significa que a inflação está em alta, portanto, o seu objetivo se torna desaquecer a economia, freando o consumo. Com a inflação baixa, a Selic Meta também reduz, estimulando o consumo e promovendo um aquecimento na economia.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *