Restituição de imposto de renda 2021

0 79

Desde o dia 23, os contribuintes que apresentarem suas declarações de IR 2021 poderão conferir a liberação do terceiro lote de devoluções na página da Receita Federal. Nesse lote, 5.068.200 contribuintes receberão 5,8 bilhões de reais. O dinheiro será pago no dia 30 de julho.

Entre eles, mais de 354 milhões de reais foram utilizados para contribuintes com prioridade legal, incluindo 13.985 contribuintes idosos com mais de 80 anos; 95.298 contribuintes entre 60 e 79 anos; 8.987 contribuintes com deficiência física, mental, ou doenças graves. Fora 36.616 contribuintes cujos principais fonte de renda é o ensino.

O número total de contribuintes não preferenciais declarados antes de 18 de maio de 2021 é de 4,913 milhões, e este lote também inclui as restituições de impostos restantes de anos anteriores.

Como realizar a consulta

Para conferir se sua restituição foi liberada, entre na página da receita federal. Clique na opção Meu Imposto de Renda e depois vá em consultar restituição. Na página, você pode fazer uma consulta simplificada e completa sobre o status do extrato.

Crédito da restituição

De acordo com o calendário, o reembolso deste ano será pago em cinco parcelas entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês. O dinheiro é depositado na conta bancária informada na declaração de imposto de renda.

O abatimento do imposto de renda é dividido em sete lotes, sendo que o primeiro lote é pago em junho. Desde 2020, eles passaram a pagar em cinco lotes, o primeiro lote em maio.

O objetivo é reduzir o impacto econômico da Covid-19 simplificando os créditos de reembolso.

Datas da restituição

A restituição está ajudando muito quem está enfrentando problemas econômicos nessa época de pandemia.

 

Fique atento ao calendário, mas saiba que ele pode ser alterado a qualquer momento por antecipações.

Inconsistências

A consulta verifica eventuais pendencias que podem impedir a restituição, caso seja encontrado inconsistências na declaração, basta o contribuinte fazer uma retificação e espere o  próximo lote de restituição.

Quem não receber a parcela até o dia 30 de setembro é porque tem algum problema em sua declaração. O contribuinte não deve apenas enviar a declaração. É necessário entrar no portal e-cac e checar as possíveis pendências

Se tiver pendencia vai haver explicações de como solucionar cada uma delas.

É uma discriminação e alguns dados da declaração são inconsistentes, por exemplo, as informações prestadas pelo contribuinte e pelo terceiro não coincidem.

Os contribuintes também podem preencher erros ou deixar de relatar determinado conteúdo.

Problemas com o pagamento

Caso o limite de crédito não seja realizado por algum motivo, como no caso de desativação da conta cadastrada, o valor será resgatado no Banco do Brasil por no máximo um ano.

O reescalonamento do crédito do valor pode ser feito por meio do Portal BB, ou ligando para o atendimento do BB nos telefones 4004-0001 (capital), 0800-729-0001 (outras localidades) e 0800-729-0088 (localidades especiais).

Exclusivamente para deficientes auditivos. Telefone utilizado).

Se o contribuinte não resgatar a restituição do imposto após um ano, ele ainda pode solicitar a restituição do imposto através do portal e-Cac no site do IRS.

Quem está incluso no terceiro lote?

Ao todo, 3,4 milhões de contribuintes receberam ressarcimento de 6 bilhões de reais.

Entre estes estão:

13.985 contribuintes idosos que possuem mais de 80 anos.

95.298 com idade entre 60 e 79.

8.987 contribuintes que possuem doenças graves, deficiências físicas ou mentais.

36.616 contribuintes que possuem o magistério como principal fonte de renda.

4.913.343 contribuintes não prioritários que fizeram suas declarações até 18 de maio.

O segundo lote foi pago a 4,2 milhões de pessoas em 30 de junho, e eles receberam 6 bilhões de reais. Outros dois lotes ainda serão pagos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

DMCA.com Protection Status