Renda bruta: quais são as vantagens?

Renda bruta: quais são as vantagens?

Em muitas situações a renda bruta pode ser solicitada, como ao comprar uma casa, conseguir um benefício do governo, isenção no ENEM e participação para concorrer a bolsas de estudo como Prouni, FIES e Pronatec, por ser um importante indicador financeiro de famílias ou empresas.

Até no imposto de renda, a sua renda bruta é considerada para saber se você precisa ou não pagar a taxa e qual o valor. O intuito desse artigo é ajudar você a compreender melhor esse conceito. Acompanhe!

Qual é a definição de renda bruta?

Renda bruta consiste em todo o dinheiro que você recebe sem ter nenhum tipo de desconto. Pode ser a sua, de uma empresa ou a até mesmo a renda familiar. É fundamental frisar como ela é calculada. Pois, muitas pessoas confundem com a renda líquida.

Quais são os componentes da renda bruta?

A junção de salário, renda extra, recebimento de aluguel, previdência social, comissões, entre outros valores que compõem a receita, devem ser incluídas no cálculo da renda bruta. Anote todas as atividades que te geram um retorno financeiro e a soma desses valores irá determinar essa renda.

Como é calculada a renda bruta?

Se você mora com familiares, a renda bruta da família mensal deve ser considerada. Para isso, pegue o valor total que cada um recebe e dividida pela quantidade de pessoas contribuintes. Assim, você terá a renda bruta mensal per capita (por pessoa).

Suponhamos que uma família possui três pessoas: o pai, a mãe e um filho. Os três já trabalham. O filho recebe R$1.500, o pai R$2.000 e a mãe R$3.000. Ao calcular a renda bruta total eles obtêm R$ 6.500. Para saber a renda per capita (bruta), divida esse valor total por 3. Logo a renda per capita deles 3 será de aproximadamente de R$ 2.166,66.

Esse é um exemplo de uma família que possui uma renda fixa. No caso de receber uma renda variável, o cálculo deve ser diferente. Deve ser feito uma média para se aproximar do valor recebido mensalmente.

Se durante três meses a renda mensal foi, no primeiro mês de R$2.500, no mês seguinte R$3.000 e no outro R$2.700, é preciso fazer a soma e dividir em 3 meses o valor total. Ou seja, o total é R$8.200, o valor seria de aproximadamente R$ 2.733,33. No entanto, é necessário fazer mais uma divisão que é esse valor dividido pela quantidade de integrantes da família.

Se dividirmos por 3 pessoas, a renda bruta per capita seria em cerca de R$911,11. Lembre-se que é apenas uma suposição de como se calcula, portanto, para saber os valores referentes a sua família, pegue suas informações e de sua família para verificar.

Qual é o impacto da renda bruta na economia?

Ter acesso à renda bruta dos cidadãos permite avaliar como esse dinheiro está distribuído em um país e relacionar com a economia. Dessa forma, é possível comparar se esse dinheiro está em poder de poucas pessoas ou se é distribuído de forma mais igualitária.

Essa questão impacta diretamente nas condições sociais e econômicas de um país. Se o dinheiro se concentra no poder de poucas pessoas, significa que haverá maior desigualdade. O que aumenta a violência, fome e causar outros impactos negativos no país. No entanto, por mais que seja um parâmetro, não pode ser utilizado de forma isolada.

Quais são as principais vantagens e desvantagens da renda bruta?

Ela serve com base da renda familiar que você possui para se planejar, informar em documentos, participar de algum programa de bolsas de estudo público ou receber algum auxílio do governo. Pois, ao informar que você tem uma baixa renda, você mostra que está apto a participar.

Há uma regra e valor determinado para pagar taxas do imposto de renda, se o seu salário anual passar desse valor estipulado, mesmo que o valor seja bruto. Você terá que pagar. Ou seja, não importa se obteve muitos gastos e se o seu salário está praticamente comprometido.

Por isso, esteja ciente de qual é sua renda bruta e quais os gastos fixos e variáveis que comprometem o valor recebido mensalmente para manter uma saúde financeira bem equilibrada.


Comments

Uma resposta para “Renda bruta: quais são as vantagens?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *