Reforma estimula contratação de jovem e recuperação econômica

1 8

A nova proposta de reforma trabalhista aprovada pela Câmara dos Deputados e à espera de votação no Senado ajudará na geração de empregos, pois incentiva a contratação de jovens e reduz os custos da empresa. A afirmação é de Paulo Solmucci, presidente da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes).

Solmucci disse que a crise econômica provocada pela pandemia exige soluções criativas que ajudem as empresas e os trabalhadores no processo de recuperação. Segundo ele, o novo método de recrutamento é muito importante para garantir o emprego das pessoas mais necessitadas.

A medida provisória 1.045  pode gerar mais empregos?

A proposta deve ser dividida em duas partes igualmente positivas. Em primeiro lugar, perpétua planos de redução de horas de trabalho e salários. Segundo pesquisa do nosso departamento, 52% dos bares e restaurantes consideram importante a atualização do plano. A suposição de que o plano não será atualizado não é boa para o setor. Se o plano não for estendido, estimamos que cinco em cada dez empresas do setor precisarão demitir 20% de seus funcionários. Dados mostram que 54% das empresas inadimplentes e 16% das empresas não conseguem pagar os salários em dia.

SAO PAULO SP BRASIL 22.05.2017 – TRABALHO – Secretaria do Emprego no posto do Poupatempo da SŽ
Foto Reinaldo Canato

E a criação de novas modalidades de contratação para os jovens?

A indústria de bares e restaurantes é a que mais gera as primeiras vagas de emprego no Brasil. De março de 2020 a abril de 2021, o setor demitiu 1,3 milhão de trabalhadores. Desde abril, percebemos uma melhora. Esperamos recrutar 600.000 pessoas até o final do ano.

Percebemos a dificuldade de recrutamento de mão de obra qualificada, transferida para outras regiões. Essas pessoas atuam no agronegócio e na construção civil. Por sermos a porta de entrada dos jovens, é muito importante que o governo incentive a contratação dessa mão de obra qualificada e capacitada.

A nova forma de recrutamento dos jovens é positiva e é possível criar muitas oportunidades de emprego.

Como a flexibilidade nas relações trabalhistas ajuda?

Entre as empresas com portas abertas, 37% estão perdidas. Qualquer economia de custo é importante. Contratar este jovem não qualificado significa que a eficiência do trabalho será reduzida nos primeiros meses. Isso é importante considerando que cada dólar economizado fará a diferença.

Mas o mais importante, o prazo deste contrato de trabalho é de até dois anos. Depois disso, o trabalhador será transferido para o sistema de trabalho CLT e terá todos os direitos trabalhistas. Em tempos de crise, essas soluções inovadoras são importantes. CLT não é flexível. Desde que a lei foi aprovada, o mundo mudou muito.

Muitos jovens param de estudar porque precisam ajudar financeiramente a família e contribuir para o orçamento familiar. Esse é um problema histórico do Brasil. Mas nosso departamento tem um turno de trabalho flexível, o que é benéfico para esses jovens. Eles podem combinar trabalho e estudo.

Esses requisitos desencorajam a contratação de trabalhadores. Os jovens responsáveis ​​sabem que precisam aprender e não abrirão mão do trabalho docente. Ele sabia que precisava de treinamento no futuro. A empresa incentiva esses jovens a continuarem seus estudos.

Bares e restaurantes exigem cada vez mais mão de obra qualificada, com conhecimento técnico e capacitação. Para isso, ele precisa estar na sala de aula.

 

 

1 comentário
  1. […] texto original apenas reformulou o plano de redução da jornada de trabalho e salários, mas essa proposta também foi rejeitada pelos […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.