Recebo Bolsa Família, como me inscrever para o novo Auxilio Brasil?

0 9

Segunda-feira (9 de agosto) Um dos destaques do dia foi a entrega das Medidas Temporárias (MP), que estabeleceu um novo plano social que vai substituir o Bolsa Família. Este deputado foi submetido à Assembleia Nacional por Jair Bolsonaro, o Presidente da República. O novo texto institui o Auxílio Brasil, plano de distribuição de renda que se tornará a nova capa do Bolsa Família.

O texto das medidas propostas pelo presidente não especificava qual seria o valor do novo plano social, nem se os recursos seriam destinados ao custeio do novo Auxílio Brasil. Portanto, a estratégia do governo para ativar o MP é iniciar o pagamento imediatamente após os procedimentos relativos à apuração do novo valor.

Migração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil

De acordo com as medidas provisórias emitidas pelo presidente Jair Bolsonaro, o Bolsa Família deixará de existir dentro de 90 dias após a publicação da especificação, portanto, o Bolsa Família será extinto em novembro.

Devido à migração do Bolsa Família para o Auxílio Brasil, o governo propõe oferecer benefícios transitórios para os beneficiários trocarem de planos.

Portanto, o processo de migração de quem já recebeu o Bolsa Família será automático, e uma compensação transitória será proposta inicialmente para ajustar a retirada do plano social antigo para o novo plano social.

Como funciona o Benefício Compensatório de Transição

Esse benefício será concedido às famílias que se cadastraram e aceitaram o Bolsa Família, mas perderam parte do dinheiro com o repasse para o Auxílio Brasil.

Portanto, esse benefício será liberado durante a fase de implantação do novo plano e só se encerrará quando o valor recebido pela família aumentar ou até mesmo não atender mais aos padrões do plano.

Principais programas do Auxílio Brasil

O novo Auxílio Brasil será definido por três itens principais, a saber:

Benefício Primeira Infância

Adequado para famílias com crianças de 0 a 3 anos.

Benefício Composição Familiar

Adequado para famílias com mulheres grávidas ou entre 3 e 21 anos.

Benefício de Superação da Extrema Pobreza

Este benefício terá um valor mínimo calculado por cada membro e pago à família beneficiária com renda per capita mensal, que após somar os benefícios econômicos será igual ou inferior ao valor da linha de extrema pobreza (atualmente calculada em reais) por pessoa 89 yuans por mês).

Benefícios extras

Além dos três pilares do Auxílio Brasil, o programa também trará benefícios adicionais como:

Bolsa de Iniciação Científica

Para jovens que se destacam em competições acadêmicas e científicas.

Auxílio Esporte Escolar

Adequado para crianças de 12 a 17 anos que se destacam em jogos escolares.

Auxílio Criança Cidadã

Obter remuneração adicional por vaga em creche pública ou privada da rede parceira para famílias com filhos de 0 a 2 anos.

Auxílio Inclusão Produtiva Urbana

Indicado para quem está recebendo assistência do Brasil e comprovar que possui vínculo empregatício.

Auxílio Inclusão Produtiva Rural

Focalizar os agricultores familiares por 36 meses até eles poderem fazer parte do Programa Brasileiro de Alimentação, que é um programa do governo que garante às instituições públicas a compra de parte dos produtos da agricultura familiar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.