Produção de Petróleo e Gás Sobe a 3,978 Milhões de Barris.

Produção de Petróleo e Gás Sobe a 3,978 Milhões de Barris

No mês de novembro, o setor petrolífero alcançou um recorde histórico. A produção de petróleo e gás nos Estados Unidos atingiu um novo patamar de 3,978 milhões de barris por dia. Esta produção é a maior desde que as primeiras informações foram coletadas, há quase 50 anos. Neste artigo, vamos analisar este novo recorde e discutir o que significa para o mercado de petróleo e gás.

Produção de Petróleo e Gás Sobe a 3,978 Milhões de Barris

A produção de petróleo e gás no Brasil aumentou para 3,978 milhões de barris diários em 2019, representando uma aumento de 8% em relação a 2018.

Produção Total de Petróleo e Gás Natural em Novembro3,978 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d)
Produção de Petróleo3,095 milhões de barris diários (bbl/d)
Produção de Gás Natural140,380 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d)
Produção no Pré-sal2,964 milhões de boe/d (74,5% da produção brasileira)
Aproveitamento do Gás Natural97,4%
Maior Produtor de PetróleoCampo de Tupi, na Bacia de Santos (812,49 mil bbl/d)
Maior Produtor de Gás NaturalFPSO Guanabara (9,24 milhões de m³/d)

O aumento da produção se deve ao aumento da exploração de novos campos de petróleo e gás, bem como a melhoria na exploração de campos existentes. Esta produção representa cerca de 80% do combustível brasileiro. Além disso, a produção de petróleo e gás natural contribuiu com 7,4% para o PIB do país. A produção de petróleo e gás natural representa uma importante fonte de receita para o governo e para a economia brasileira.

Produção de Petróleo e Gás Natural no Brasil

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural. O relatório mostra que a produção total de petróleo e gás natural em novembro, no Brasil, foi de 3,978 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), sendo 3,095 milhões de barris diários de petróleo (bbl/d) e 140,380 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia (m³/d).

Quadro de Produção

A produção de petróleo teve uma queda de 4,6% em relação ao mês anterior, mas se comparado a novembro de 2021, o volume significa um avanço de 8,5%. No gás natural, houve recuo de 5,6% na produção na comparação a outubro, mas elevação de 2,8% em relação a novembro do ano anterior. A ANP destacou que os recuos no desempenho foram motivados por paradas de produção programadas e não programadas nos FPSOs Cidade de Ilha Bela, Cidade de Caraguatatuba e Cidade de Mangaratiba, localizados no Pré-sal.

Produção no Pré-Sal

O boletim ainda mostra que a produção no pré-sal alcançou 2,964 milhões de boe/d, o que equivale a 74,5% da produção brasileira. Além disso, o aproveitamento do gás natural foi de 97,4%, com 50,53 milhões de m³/d disponibilizados ao mercado e 3,65 milhões de m3/d queimados. O maior produtor em novembro foi o campo de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, com 812,49 mil bbl/d de petróleo e 38,38 milhões de m³/d de gás natural. A FPSO Carioca foi a instalação de maior produção de petróleo, enquanto a FPSO Guanabara foi a de maior produção de gás natural.

Produção Pré-Sal
Pré-Sal. Fonte/Reprodução: original

Os resultados mostram que o Brasil continua sendo um dos maiores produtores de petróleo e gás natural do mundo. No entanto, é preciso que os estados brasileiros e a ANP continuem buscando formas de aumentar a produção de petróleo e gás natural para garantir que o país continue sendo uma referência na produção destes recursos.

FAQ – Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural

Este boletim mensal divulga os dados da produção de petróleo:

1. O que é o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural?

R: O Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural é um relatório divulgado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), informando sobre a produção de petróleo e gás natural no Brasil.

2. Qual foi a produção de petróleo e gás natural em novembro?

R: Em novembro, a produção total de petróleo e gás natural no Brasil foi de 3,978 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), sendo 3,095 milhões de barris diários de petróleo (bbl/d) e 140,380 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia (m³/d).

3. Qual foi o maior produtor de petróleo e gás natural em novembro?

R: O campo de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos, foi o maior produtor em novembro, com 812,49 mil bbl/d de petróleo e 38,38 milhões de m³/d de gás natural. A FPSO Carioca foi a instalação de maior produção de petróleo, enquanto a FPSO Guanabara foi a de maior produção de gás natural.

4. Quais são as principais instalações de produção de petróleo e gás natural no Brasil?

R: A FPSO Carioca (Mv-30) é a instalação de maior produção de petróleo, produzindo 173,746 mil bbl/d nos campos de Sépia, Sépia Leste e Sépia Eco. A FPSO Guanabara é a instalação de maior produção de gás natural, produzindo 9,24 milhões de m³/d de gás natural na jazida compartilhada de Mero.

5. Qual foi a produção de petróleo e gás natural no pré-sal?

R: A produção de petróleo e gás no pré-sal alcançou 2,964 milhões de boe/d, o que equivale a 74,5% da produção brasileira. Em 129 poços foram produzidos 2,327 milhões de bbl/d de petróleo e 101,35 milhões de m³/d de gás natural.

6. Onde posso acessar o Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural?

R: O Boletim Mensal da Produção de Petróleo e Gás Natural pode ser acessado na página da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *