O que foi a quarta revolução industrial? Confira!

O que foi a quarta revolução industrial? Confira!

A Quarta Revolução Industrial é um conceito relativamente novo. Foi criado em 2016 por Klaus Schwab. Diferente da Primeira Revolução Industrial, onde a invenção da Máquina a Vapor foi protagonista, a Quarta Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0, compreende um sistema de tecnologias, como robótica, internet, inteligência artificial e a mudança nos meios de produção e negócios do mundo.

O que é a quarta revolução industrial?

Criado em 2016 por Klaus Schwab, o termo Quarta Revolução Industrial, chamada também pelo nome de Indústria 4.0, refere-se a um conceito que atua como uma espécie de atualização das demais revoluções industriais. 

Nesse caso, o conceito engloba a mudança dos meios de produção anteriores por conta da utilização de tecnologias criadas nos últimos tempos, como impressoras 3D, a Inteligência Artificial, Big Data, Internet, realidade aumentada e processos de robótica. 

A Quarta Revolução Industrial oferece um alcance bastante amplo. É possível defini-la desde o sequenciamento genético até a chamada nanotecnologia. Portanto, é uma fusão de todas as tecnologias com as interações através de domínios físicos e digitais. 

A era da Quarta Revolução Industrial se iniciou por volta de 2014, quando toda a indústria sofreu com mudanças drásticas. Fábricas se atualizaram e iniciaram processos de gestão online da produção.

Como a quarta revolução industrial está redefinindo a economia?

De acordo com os cálculos realizados em 2015 da consultora Accenture, a Quarta Revolução Industrial seria capaz de gerar 14,2 bilhões de dólares em toda economia mundial no período de 15 anos. 

Porém, também é alvo de controvérsia, segundo alguns pesquisadores, uma vez que cerca cinco milhões de vagas de trabalho poderiam acabar por conta dos processos de automatização por ela provocados.

No Brasil, estima-se que a implementação de novas tecnologias poderão gerar o total de US$ 39 bilhões até o ano de 2030. Todo esse lucro poderá ser ainda maior caso o Brasil consiga criar condições favoráveis para a aceleração da absorção de tecnologias.  

Além disso, os processadores da Quarta Revolução Industrial poderão resultar na redução de custos da manutenção de diversos equipamentos. De acordo com estudiosos da área, será possível reduzir entre 10% a 20% o consumo de energia e aumentar a eficiência de trabalho em até 25%.

Qual o impacto da quarta revolução industrial na sociedade?

A Quarta Revolução Industrial tem impacto na produtividade. Com ela, é possível aumentar a eficiência da utilização de recursos e também o desenvolvimento de produtos no formato de larga escala. Essas mudanças serão implementadas primeiro em países desenvolvidos. Assim, a economia de custos chegará para os países subdesenvolvimentos e os em desenvolvimento.

Além disso, espera-se que a Quarta Revolução Industrial consiga aumentar a qualidade de vida com a ajuda das novas tecnologias. Por exemplo, a área da saúde será uma grande beneficiada. Com a ajuda da biotecnologia, será possível realizar impressões de ossos em 3D e com a utilização do DNA do próprio paciente, o que reduz riscos associados a rejeição, por exemplo. 

Quais são as principais tecnologias da quarta revolução industrial?

Com a Quarta Revolução Industrial vem também diversas tecnologias novas e que já são utilizadas há algum tempo. Conheça as 3 principais:

Robótica Avançada

Na robótica avançada, os dispositivos trabalham de forma autônoma e são capazes de se modificar de acordo com os dados de sensores.

Cyber Segurança

A cibersegurança engloba um conjunto de infraestruturas de hardware e softwares criados unicamente para proteger informações de ameaças.

Inteligencia Artificial 

A Inteligência Artificial é uma tecnologia utilizada para que máquinas consigam executar diversas tarefas baseadas na lógica. Em empresas, a Inteligência Artificial é aplicada nas áreas de Aprendizado de Máquina, Deep Learning e Visão Computacional. 

Além dessas três tecnologias citadas, outras tecnologias também são extremamente utilizadas na Quarta Revolução Industrial, como Realidade aumentada, Big Data, Impressões 3D e 4D, Digitalização e Internet das Coisas.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *