contrato de câmbio qual a sua finalidade e como é calculado

Contrato de câmbio: qual a sua finalidade e como é calculado?

O contrato de câmbio beneficia e facilita a vida de quem faz negociações no exterior, mas poucas pessoas sabem como funciona esse tipo de aplicação. Neste artigo, falaremos um pouco sobre o que é um contrato de câmbio, qual a sua função e quais seus benefícios. Boa leitura!

O que é um contrato de câmbio?

O contrato de câmbio é um documento utilizado para a troca entre moedas nacionais e estrangeiras. Esse contrato facilita a vida de pessoas ou empresas que desejam fazer negociações utilizando moeda estrangeira.

Quais são as partes envolvidas em um contrato de câmbio?

Esse tipo de transação envolve três partes: o comprador, que deseja trocar ou comprar uma moeda; a corretora, que irá intermediar a negociação; e o banco. Mas vale lembrar que, caso você utilize o intermédio de uma corretora, isso irá resultar em cobranças extras no contrato de câmbio.

quais são as partes envolvidas em um contrato de câmbio
Contrato de câmbio. Fonte/Reprodução: original

Ainda assim, uma forma de contornar isso é utilizando a assinatura eletrônica. O próprio Banco Central criou a assinatura eletrônica para reduzir os custos envolvidos em trocas relacionadas a contratos de câmbio.

Qual é a finalidade de um contrato de câmbio?

O contrato de câmbio não foi criado somente para facilitar as transações em moedas estrangeiras, mas foi também como forma de reforçar a segurança nas transações, tornando assim o mercado de operações de câmbio mais regulado.

Ele é exigido em todas as operações de importação e exportação de mercadorias e na compra e venda de moedas estrangeiras. Caso tentem fazer a troca sem a utilização do contrato de câmbio, os envolvidos podem ser multados e até mesmo serem suspensos até a regularização.

O contrato de câmbio também deve seguir todas as exigências impostas pelo Banco Central do Brasil, como ter no documento o registro de origem dos recebimentos. Todas as transações também devem ser registradas no Sistema Integrado de Registro de Operações de Câmbio, sendo divididas em cada tipo de transação e situação atual do processo.

Quais são as principais cláusulas de um contrato de câmbio?

Essas são algumas das informações essenciais para um contrato de câmbio:

  • Nome do banco responsável por operar o câmbio;
  • Nome do corretor de câmbio (se houver);
  • Condições pré definidas de financiamento;
  • Dados bancários do cliente exportador;
  • Prazo de liquidação;
  • Comissão do corretor;
  • Nome do exportador;
  • Nome do importador;
  • Custo da operação;
  • Taxa de câmbio.

Essas são as informações exigidas em um contrato de câmbio para quaisquer operações de troca entre moedas.

Como é calculado o valor de um contrato de câmbio?

O valor total do contrato de câmbio, incluindo a taxa, é geralmente calculado de acordo com o mercado, levando em conta vários fatores econômicos, como a taxa de câmbio atual na hora da troca.

Para chegar ao valor, basta apenas dividir o valor da moeda de troca pela que vai ser trocada. Um exemplo: se você quer trocar reais por dólar, você precisa entender primeiramente qual é a taxa aplicada. Depois, basta dividir o total em reais pela cotação atual do dólar.

como é calculado o valor de um contrato de câmbio
Calculado o valor de um contrato de câmbio. Fonte/Reprodução: original

Vamos supor que você tenha 1000 reais e quer convertê-los em dólar, sob a cotação de 5 reais, o cálculo então será 1000 ÷ 5 = 200 dólares.

Mas existem muito mais coisas a serem consideradas no cálculo, como o tipo de operação — se é compra ou venda, por exemplo —, visto que geralmente as taxas de cada transação são diferentes.

Como vimos, o contrato de câmbio foi criado para oferecer facilidade e segurança na hora de trocar moedas nacionais por estrangeiras. Tanto operações financeiras quanto operações comerciais estão sujeitas a este processo, mas geralmente a documentação necessária para cada tipo de contrato pode variar, de acordo com a modalidade do mesmo.

As regras predefinidas para cada tipo de transação ajudam a evitar operações ilícitas, garantindo maior segurança para todo o mercado.


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *