como funcionam as agencias de fomento

Como funcionam as agências de fomento?

Entender o funcionamento das agências de fomento e a sua importância para o mercado atual é uma tarefa que muitos estudiosos se comprometeram a resolver. Logo, não é à toa que existem 16 agências espalhadas por cada estado brasileiro.

Enfim, para compreender as agências de fomento, é necessário saber inicialmente que elas são instituições criadas pelo governo com o objetivo principal de dar suporte financeiro para pequenos, médios e novos negócios. Para se aprofundar mais sobre esse conceito, continue a leitura do nosso artigo!

Como funcionam as agências de fomento?

Basicamente elas atuam por meio de instituições financeiras, geralmente ligadas ao estado, que vão emprestar quantias para que os empreendedores as utilizem no desenvolvimento de suas empresas. 

Do ponto de vista jurídico, as agências de fomento são sociedades anônimas de capital fechado. Cabe comentar que elas auxiliam e financiam projetos de temas diversos, como agricultura, tecnologia, indústria, entre outros. O nome social para que a instituição entre em funcionamento precisa ser agência de fomento.

Quais são as principais funções das agências de fomento?

Com o conhecimento do funcionamento das agências de fomento, podemos partir para as funções delas. A principal é proporcionar um maior crescimento da economia local através de sua atuação. Isso acontecerá pelo fato dessas agências oferecerem auxílios financeiros para que as pequenas companhias cresçam diante ao mercado.

A outra função que é responsabilidade das agências de fomento é garantir maior segurança para as empresas em momentos que precisam se expandir e, por isso, tendem a cobrar menores taxas de juros para os serviços realizados.

Quais são os principais benefícios das agências de fomento?

O principal benefício que se observa com o uso das agências de fomento é justamente o estímulo para a atividade econômica no país, já que as agências emprestam dinheiro para quem precisa desenvolver seu negócio. Esse fato permite que as companhias se mantenham em atividade por mais tempo até conseguirem se estruturar corretamente.

Outro benefício em escala maior que se observa com as agências de fomento é uma consequência direta do anterior, já que é exigência que essas instituições cobrem taxas de juros menores que o comum, tenham maiores prazos para quitação de dívidas (há casos de até 10 anos) e exijam de garantia tanto de bens, como seguros e afins.

Vejamos, por exemplo, os agricultores familiares, com a atuação das agências de fomento eles conseguem financiar equipamentos mais caros para aumentar os seus trabalhos, o que resulta em maior variedade de produtos alimentícios em comércio e maior crescimento desse tipo de atividade que, por sua vez, movimenta toda a economia do país.

Como as agências de fomento podem ajudar a impulsionar o crescimento econômico?

A partir dos benefícios que citamos anteriormente, notamos que as agências de fomento possuem papel fundamental para manter um maior número de empresas em funcionamento no país, visto que a maioria quebra ou se torna tão endividada ao ponto de não conseguir crescer no mercado em pouco tempo. Com um maior número de empresas em funcionamento, a economia do país se torna mais diversificada e mais respeitada pelo mundo.

Por isso é importante conhecer as agências de fomento e espera-se que você agora saiba a definição e a função dessas instituições. Não deixe de compartilhar este artigo em suas mídias e continue a conferir as postagens de outros conteúdos aqui neste site!


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *