Como calcular a hora extra?

0 520

No Brasil, as horas extras têm direito a um acréscimo de 50% a 100%, que é a remuneração paga pelo tempo de serviço comum. Confira as instruções passo a passo abaixo para saber como calcular as horas extras. As horas extras pagam 50% nos dias de semana e 100% as horas extras aos sábados e domingos.

Defina a sua jornada de trabalho

Pela legislação brasileira, a maioria dos trabalhadores trabalha 44 horas semanais, com limite de 8 horas diárias.

Por exemplo, este é o caso das empregadas domésticas. No entanto, essas restrições podem diferir para os tipos de acordos coletivos e convenções que se beneficiam do fornecimento de uma carga de trabalho menor.

Conhecer a carga horária prevista da jornada de trabalho é necessário para a verificação da remuneração horária dos trabalhadores, sendo essa informação fundamental para a compreensão do valor das horas extras.

Mas, para fazer esse cálculo, primeiro você precisa saber quantas horas de trabalho um dia de trabalho representa por mês. Para 44 horas semanais, a base de cálculo é de 220 horas mensais.

Se a viagem é de 40 horas, a base é de 200 horas.

Calcule o valor da hora comum

Para saber o valor pago por horas de trabalho colaborativo, é necessário dividir o salário do funcionário pelo número total de horas que ele espera na jornada de trabalho do mês.

Considerando que o salário mensal do trabalhador é de R$ 1.969 e ele tem 44 horas de trabalho (220 horas no mês), o valor que ele tem direito a receber por hora é calculado da seguinte forma:

Salário por hora = salário mensal ÷ horas de trabalho mensais

Salário por hora = Real brasileiro 1.969 ÷ 220 = Real brasileiro 8,95

Confira o percentual de acréscimo a que tem direito

O cálculo do pagamento de horas extras depende da quantidade de horas extras a que o trabalhador tem direito.

Para horas extras em dias de semana e sábados, um bônus de 50% é exigido para horas extras de trabalho.

Por outro lado, as horas extras aos domingos e feriados aumentaram 100%, ou seja, o valor é o dobro da jornada normal de trabalho.

Essas porcentagens se aplicam à maioria dos trabalhadores.

No entanto, algumas categorias conquistaram direitos de maior valor, como os empresários paulistas, com 60% a mais de horas extras semanais do que o normal.

Cálculo da hora extra com acréscimo de 50%

Para calcular as horas extras para uma semana ou sábado, multiplique o valor do salário por hora por 1,5.

Um trabalhador com uma remuneração por hora de R $ 8,95, fica assim: pagamento de horas extras 50% = salário por hora x 1,5 Horas extras pagam 50% = reais brasileiros 8,95 x 1,5 = reais brasileiros 13,42

Para saber o aumento total dos salários, basta multiplicar esse valor pelo número de horas extras no mês. Se um funcionário trabalha 8 horas extras em um dia de trabalho, é calculado como:

Aumento de salário = horas extras x valor das horas extras

Aumento salarial = 8 x Real Brasileiro 13,42 = Real Brasileiro 107,36

Com isso, o trabalhador receberá 2.076,36 reais no final do mês em vez dos habituais 1.969 reais.

Cálculo da hora extra com acréscimo de 100%

Para calcular as horas extras aos domingos ou feriados, você deve multiplicar o salário por hora por 2.

Para os trabalhadores acima, o cálculo das horas extras será:

Pagamento de horas extras 100% = salário por hora x 2 100%

hora extra = reais 8,95 x 2 = reais 17,90

Se ele trabalhou um total de 8 horas extras aos domingos do mês, seu aumento de salário deve ser calculado assim:

Aumento de salário = horas extras x valor das horas extras

Aumento de salários = 8 x 17,90 reais = 143,20 reais No final do mês, o trabalhador receberá R $ 2.112,20.

Cálculo da hora extra noturna

Se um trabalhador fizer hora extra das 10h00 de uma noite às 5h00, a diferença aumenta. Para ser mais cansativo, as horas extras noturnas são aumentadas em 20% com base nas horas extras durante o dia.

Para calcular as horas extras para horas extras noturnas, você deve primeiro calcular o valor das horas extras diurnas (aumentar em 50%) e, em seguida, adicionar os outros 20%.

Em outras palavras, você não deve calcular as horas extras noturnas adicionando essas duas porcentagens e aplicando os 70% às horas normais.

Considerando a situação dos trabalhadores que recebem 1.969 reais por mês (8,95 reais por hora), o cálculo correto seria o seguinte:

Horas extras à noite = horas extras normais x 1,2

Horas extras à noite = (horários normais × 1,5) × 1,2

Horas extras à noite = (R $ 8,95 x 1,5) x 1,2 = R $ 13,42 x 1,2 = R $ 16,10

O pagamento de hora extra na nova legislação

A reforma trabalhista aprovada em 2017 não acabou com o direito à hora extra.

Exceto no caso de acordos coletivos, o horário comum de trabalho ainda está à 8 horas por dia e 44 horas por semana.

Caso seja celebrado acordo coletivo, a jornada diária máxima pode ser aumentada para no máximo 12 horas sem pagamento de horas extras.

Porém, mesmo no caso de 12 x 36 horas, a carga horária mensal dos trabalhadores não pode ultrapassar 220 horas.

Qualquer viagem além desses limites legais continuará a pagar 50% ou 100% das taxas adicionais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.