Auxílio BH Calendário: Guia Completo para Programação e Informações Importantes

Auxílio BH Calendário: Guia Completo para Programação e Informações Importantes

O Auxílio BH calendário foi essencial para que os cidadãos que participavam do auxílio Belo Horizonte pudessem verificar quando iriam receber esse benefício. O programa de redistribuição de renda foi criado em 2021 para atender as famílias impactadas pela pandemia de Covid. Porém, o mesmo seguiu funcionando por alguns meses por iniciativa municipal. Veja como funcionava este e outros benefícios de transferência de renda. 

O que é o Auxílio BH?

O Auxílio Belo Horizonte é um programa de transferência de renda criado pela prefeitura da capital mineira para auxiliar financeiramente famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza. 

O programa nasceu seguindo a linha do Auxílio Emergencial do Governo Federal. Quando este programa diminuiu o valor do benefício, a prefeitura de BH decidiu assumir para si a responsabilidade e criou o auxílio BH para que as famílias belo-horizontinas tivessem uma renda extra para complementar sua economia na pandemia. 

O que é o Auxílio BH?
Fonte/Reprodução: original.

Hoje o programa especificamente de Belo Horizonte não funciona mais. No entanto, há outras alternativas como programas de transferência de renda como o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. 

Público-alvo e elegibilidade

O auxílio BH teve como público-alvo as famílias de Belo Horizonte em situação de pobreza ou mesmo de extrema pobreza. A ideia era complementar a renda familiar desses cidadãos carentes. 

Como qualquer programa de transferência de renda, o auxílio BH tinha certos critérios para elegibilidade: 

  • Ser uma família residente na capital mineira;
  • A família precisava estar registrada no Cadastro Único – CadÚnico;
  • A renda per capita familiar devia ser de no máximo meio salário mínimo. 

Participando desses critérios a família já era considerada apta para o plano e podia procurar seus direitos mediante a prefeitura para receber o benefício. 

Quais são os benefícios do Auxílio BH?

O auxílio Belo Horizonte trouxe benefícios exclusivos para os cidadãos belo-horizontinos de baixa renda para complementar sua economia com o valor depositado pelo município mensalmente. Confira os principais benefícios oriundos desse depósito. 

Complemento da renda

O primeiro e principal benefício foi o complemento da renda. Com o auxílio BH foi possível complementar um pouco a renda tão escassa das famílias carentes, auxiliando o pagamento de contas básicas e até mesmo de outros bens de consumo que a família necessita ou deseja. 

Um fundo de emergência

Com o auxílio BH foi possível realizar um fundo de emergência, depositar o valor mensal para ser usado em emergências familiares, contas atrasadas, despesas que não foram planejadas, entre outros usos emergenciais. 

Como poupança

Um uso do auxílio que foi muito inteligente por parte de certos beneficiários foi transformar o valor pago em poupança. Com esta estratégia você tem não só uma reserva emergencial como um investimento a longo prazo. 

Bem-estar financeiro

Segundo o prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, o benefício visava trazer conforto e bem-estar financeiro para as famílias belo-horizontinas. Com ênfase em datas comemorativas, como foi o caso do auxílio BH no final do ano de 2022, onde foi essencial para a ceia de Natal de muitas famílias. 

Calendário Auxílio BH

O auxílio BH calendário foi fundamental durante o período de pagamento do benefício para os cidadãos belo-horizontinos, mas que infelizmente se encerrou em março de 2023

Porém, ainda é possível se inscrever em outros programas de transferências de renda tão bons quanto o auxílio belo-horizontino por métodos parecidos. 

Como funciona o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é o nome do antigo Bolsa Família que foi revitalizado para atender melhor aqueles que, segundo o Estado, devem ter seu atendimento priorizado, que são as famílias mais carentes em situação de pobreza ou extrema pobreza 

O funcionamento do Auxílio Brasil é bastante diferente de outros programas de transferência de renda. Ele permite que o auxílio seja dividido em diversas categorias para que haja uma personalização do benefício, sendo assim diferentes perfis de famílias recebem diferentes valores. 

Existem 3 perfis chamados de núcleos básicos no Auxílio Brasil, onde cada um recebe uma gama de benefícios diferentes: 

  • Núcleo Básico da Primeira Infância: famílias com crianças menores de 3 anos recebem R$130 por criança;
  • Núcleo Básico da Composição Familiar: aqui há um limite de 5 beneficiários no máximo por família e para que sejam atendidos pelo programa é preciso ser mulher gestante, ter mais de 3 anos de idade e menos que 18, ou acima de 18, mas menos que 21 e cursando uma educação básica. O valor é de R$ 65 por pessoa; 
  • Núcleo da Superação da Extrema Pobreza: Um valor é pago além dos benefícios regulares quando a soma da renda per capita familiar é abaixo de R$ 100,00. 

Como podemos ver, o Auxílio Brasil é um ótimo correspondente para o Auxílio BH, e o melhor é que não está restrito ao município. 

Qual a importância de acompanhar o calendário?

O pagamento do Auxílio Brasil é mensal e é feito nos últimos 10 dias úteis de todos os meses com exceção de dezembro, onde o benefício é pago no máximo até o dia 22 do mês para auxiliar as famílias nas compras de Natal. 

Como o calendário é definido?

O calendário do Auxílio Brasil é diferente do Auxílio BH calendário. O programa federal é pago de acordo com o número NIS, do cartão do CadÚnico. Para participar do benefício é preciso verificar seu número NIS e consultar a data de pagamento do benefício. Confira abaixo o calendário completo! 

Final o NISJunhoJulhoAgostoSetembroOutubroNovembroDezembro
119181818181711
220192119192012
321202220202113
422212321232214
523242422242315
626252525252418
727262826262719
828272927272820
929283028302921
031313129313022

Esse é o calendário completo para o ano de 2023! Acompanhe-o para saber quando irá receber seu Auxílio Brasil e não descuide das datas! 

Como acompanhar as atualizações no calendário?

Você pode utilizar o calendário completo que disponibilizamos acima para entender quando receber seu benefício do Auxílio Brasil. Porém, caso prefira, pode consultar os órgãos oficiais do governo no site e ficar a par de toda e qualquer novidade. Inclusive para 2024 e o calendário atualizado para o próximo ano.

Outra opção é o aplicativo disponibilizado para lojas iOS e Android. O aplicativo chamado Bolsa Família, disponibilizado pela Caixa Econômica, oferece essas mesmas informações. Basta clicar no ícone de calendário na opção Calendário de Pagamentos.

Como acompanhar as atualizações no calendário?
Fonte/Reprodução: original.

Assim você terá acesso ao calendário completo por uma versão oficial. Também há outras informações úteis como dicas sobre educação financeira. Se você é beneficiário do CadÚnico vale a pena ter esse aplicativo instalado em seu celular ou dispositivo móvel. 

Qual a programação Auxílio Brasil?

Como mencionamos acima, o benefício do Auxílio Brasil é pago conforme o último dígito do cartão NIS. O cartão NIS, que é o utilizado pelo CadÚnico para receber o benefício, dita a programação que será seguida para os pagamentos nos dez últimos dias úteis do mês, o que não vale para dezembro, o mês do Natal e das festas de fim de ano onde é necessário se preparar para as compras com antecedência. 

Informações Importantes sobre o Auxílio Brasil

Veja abaixo algumas informações importantes sobre o Auxílio Brasil que funcionavam em certa medida para o Auxílio BH, regras e regulamentos sobre como o beneficiário deve agir e se portar. 

Ser cadastrado no CadÚnico

O CadÚnico é a porta de entrada para ambos benefícios. Sem o Cadastro Único o beneficiário não pode receber nem o Auxílio BH e nem o Auxílio Brasil. Estar cadastrado na plataforma é essencial e sem essa inscrição a família não recebe nenhum benefício mesmo sendo compatível com os critérios do programa. 

Participar dos critérios do programa

Para participar do programa é essencial ser cadastrado no CadÚnico, mas também é necessário participar dos critérios do benefício como ser uma família brasileira, carente e com uma renda per capita de no máximo R$ 218, um valor maior do que o benefício oferecia antes pelo nome de Bolsa Família cujo teto era R$ 178. 

Atualizar o cadastro

Caso a família melhore de vida e passe a não se encaixar mais nos critérios cobertos pelo Auxílio Brasil, é necessário avisar rapidamente os órgãos e atualizar as informações no CadÚnico. Caso não, lembre-se que a pena por fraudar um benefício social pode ser de 1 a 5 anos de prisão. 

Consequências de não seguir o calendário

O Auxílio BH calendário existia para que fosse consultado e seguido pelos beneficiários do programa. O mesmo equivale a todos os outros programas de benefícios e transferência de renda. É necessário conhecer o calendário para receber de maneira correta o saldo depositado pelo governo. Veja abaixo as consequências de não acompanhar o calendário de perto quando se participa de um programa de transferência de renda

Descontrole nos gastos. 

Quando você não verifica os ganhos mensais no tempo correto, abre espaço para descontrole financeiro e falta de organização nas suas economias. Para comprar e ter uma vida mais estável, sempre verifique o calendário dos programas de transferência de renda.  

Perda do prazo

Certos programas de transferência como o Auxílio Gás (também mantido pelo CadÚnico) expiram caso o valor não seja sacado ou gasto da conta do Caixa Tem. Sempre verifique o calendário para movimentar o dinheiro no tempo correto e conseguir usar o benefício. 

Aproveite a pior época do mês

Geralmente a pior época do mês para nossa vida financeira são os últimos dias, que por coincidência é o período quando o Auxílio Brasil é liberado. Aproveite essa época terrível da perspectiva financeira para conseguir colocar as mãos em seu saque e ter um final de mês mais tranquilo. 

Direitos e deveres dos beneficiários

Ser beneficiário de um programa de transferência de renda implica em certas responsabilidades. Seja do até então extinto Auxílio BH, Auxílio Brasil, Gás e qualquer outro. Confira as principais! 

Use o dinheiro com sabedoria

O programa de transferência de renda serve com um objetivo social claro: auxiliar as famílias carentes a sobreviverem de maneira digna e com o tempo se tornarem fortes o suficiente para ascenderem economicamente. 

Portanto, use o dinheiro com responsabilidade social, sempre mirando na oportunidade de conseguir melhores condições materiais para sua família. 

Atualize suas informações sempre

Este já foi um ponto reforçado em nosso artigo, no entanto, ele é tão importante que vale a pena mencioná-lo mais uma vez. É necessário manter suas informações sempre atualizadas no CadÚnico ou no CRAS – Centro de Referência de Assistência Social. 

Mesmo que essas atualizações impliquem que você deixe de receber tal ou qual benefício, é essencial permitir que outras pessoas participem do programa além do risco de sofrer com acusações de falsificação com pena de prisão e multa.

Como receber o Auxílio BH?

Infelizmente o Auxílio BH calendário já não se encontra mais disponível. No entanto, pelo CadÚnico existem outros benefícios e programas de transferência de renda dos quais milhões de brasileiros estão elegíveis. 

O mais interessante é que muitos desses programas de transferência podem ser acessados pelo mesmo CadÚnico. Veja abaixo o processo correto! 

Qual o processo de inscrição no CadÚnico?

O primeiro passo para se cadastrar no CadÚnico para então ser selecionado em algum programa de transferência de renda é se dirigir até um CRAS de sua região. 

Infelizmente até o presente momento só é possível realizar uma inscrição no CadÚnico através do CRAS. Uma vez cadastrado, só esperar e verificar a cada dois meses que benefícios foram liberados para sua família. 

Documentação necessária

Claro que nem todos podem ser inscritos no programa do CadÚnico e para controlar o acesso é solicitado à toda família que quer se inscrever documentações básicas como: 

  • RG e CPF;
  • Título de eleitor – se tiver;
  • Certidão de nascimento;
  • Carteira de Trabalho.

Lembrando que todos esses itens são solicitados para todos os moradores do imóvel e da família em geral. 

Métodos de recebimento do auxílio

Os auxílios pagos por meio do CadÚnico podem ser usados pelo cartão de crédito do sistema ou movimentar o benefício por uma conta no Caixa Tem. Vai da disponibilidade e da forma como o beneficiário quer usar seu dinheiro. 

Dúvidas comuns sobre os Auxílios do CadÚnico

Já falamos sobre o Auxílio BH calendário, o Auxílio Brasil, as datas de alguns desses benefícios e muito mais. Mas sempre há alguma dúvida que pode ter ficado para trás. Veja se a resposta que tanto procura não está nesse breve FAQ. 

O que fazer se eu perder o dia de recebimento do auxílio?

Caso você perca o dia do recebimento, o dinheiro irá retornar para os cofres públicos de uma vez por todas sem a possibilidade de ressarcimento. 

Boa parte dos auxílios do CadÚnico não são acumulativos. Portanto, a não ser que você transfira seu dinheiro para outro banco, os valores não podem se acumular. Geralmente o período é de 90 dias para sacar o dinheiro – ou gastá-lo -, depois desse período o valor é tomado novamente pelo Estado. 

Como reportar problemas ou irregularidades?

Se você está com algum problema na forma como o aplicativo ou suas finanças estão chegando, ou sendo administradas pelo Estado, então acione o CRAS de imediato. Lá saberão como proceder com sua reclamação, entender seu problema e até mesmo iniciar mais uma orientação. Caso queira métodos mais práticos e por via digital, confira alguns: 

  • Utilize o aplicativo do benefício, como o Auxílio Brasil que oferece um lugar adequado para falar com o atendente no botão “Falar com a Caixa”. 
  • Ligando para o Ministério da Cidadania: O ministério atende pelo número 121;

Entrando em contato em qualquer uma das opções acima você encontrará o que precisa ou receberá instruções de onde vai encontrar a solução. 

E se minha família não foi aceita em um auxílio ao qual é elegível? 

Neste caso, espere pelo menos por dois meses para verificar se o sistema irá incluir sua família. Caso não, se dirija até o CRAS para entender qual a dificuldade que estão encontrando para colocar sua família como beneficiário. Geralmente o problema é rapidamente esclarecido. 

Veja quantos benefícios estão atrelados ao CadÚnico! Não deixe de se inscrever na plataforma para ser selecionado como beneficiário de algum deles.

E caso já tenha cadastro e até receba o benefício, não se esqueça de olhar sempre o Auxílio BH calendário e outras variações para você receber o benefício de maneira organizada e gastá-lo com sabedoria. 


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *