analise tecnica no mundo das acoes como usar

Análise técnica no mundo das ações: como usar?

A análise técnica é um dos métodos mais importantes e populares entre os investidores. Obter lucro a curto prazo nos investimentos é uma tarefa complicada, por isso, os famosos tradings, buscam usar todo tipo de recursos que os ajudem a aumentar a sua rentabilidade com os investimentos a curto prazo. 

Dentre esses recursos, estão a análise fundamentalista e a análise técnica. Porém, por ser mais simples de ser executada, a maioria dos investidores optam pela análise técnica, que permite saber com antecedência se o valor de uma determinada ação irá desvalorizar. 

Ao longo deste post, vamos entender o que é realmente a análise técnica. Conheceremos a forma que ela funciona e veremos como podemos usá-la em nossos investimentos. 

O que é analise técnica nas ações?

Também conhecida como analise gráfica, a análise técnica é um método utilizado pelos investidores para encontrar boas oportunidades de investimento. Pela sua eficiência, a análise técnica é muito utilizada pelos tradings durante as operações de day trade e swing trade. 

Essa análise utiliza vários indicadores para monitorar a oscilação de preços de um determinado ativo. Dessa forma, ele mostra qual é o cenário com maior chance de acontecer no futuro a curto prazo. 

A análise técnica consegue enxergar alguns padrões presentes nos movimentos dos preços, determinando, dessa forma, com uma boa chance de acerto, se o preço de uma ação em específico irá cair ou não em um curto período. 

Como a análise técnica funciona?

O preço de qualquer coisa é definido pela sua demanda. Quando muitas pessoas se interessam em comprar uma coisa, o seu preço aumenta, em contrapartida, se a procura for pouca, o preço tende a diminuir. 

Isso também se aplica no mercado financeiro. A demanda por uma ação pode aumentar e diminuir em pouquíssimo tempo, causando a oscilação de preço que vemos no mercado. A análise técnica pode ver padrões na relação que há entre vendedores e compradores em um determinado momento. 

Assim, ao apresentar para o investidor as chances que há de uma determinada ação valorizar ou não, a análise técnica possibilita que ele se posicione do lado correto de um investimento. Lembrando que as previsões feitas por essa análise apresentam tendências que podem ocorrer a curto prazo. 

Para que serve a análise técnica?

Podemos dizer que a análise técnica é uma ferramenta quase que exclusiva para investidores de curto prazo. De forma resumida, essa análise serve para enxergar uma tendência no mercado, fazendo o trader operar a favor dela e encerrar a operação assim que perceber que essa tendência está sendo revertida.  

Esse tipo de análise é normalmente feita durante um único dia, mas em alguns casos pode durar mais tempo. Por conta de sua alta probabilidade de acerto, essa ferramenta tem a aprovação de alguns dos investidores mais importantes do mundo, como George Soros, que possui uma fortuna avaliada em quase 9 bilhões de reais e é um usuário convicto da análise técnica. 

Como se faz uma análise técnica?

Para fazer uma análise técnica precisa, o investidor deve fazer um estudo profundo sobre o ativo que pretende investir. É preciso estar ciente de suas peculiaridades e o principal: conhecer os principais gráficos e indicadores para a realização da análise.

O investidor ou analista tem que observar para onde o gráfico está apontando, sendo que ele pode apresentar as seguintes tendências: 

  • Tendencia de alta: Os valores indicados no gráfico são superiores aos anteriores; 
  • De baixa: Ocorre o oposto, os valores são menores ao que era apresentado anteriormente; 
  • Consolidação: Não existem mudanças significativas nos preços. 

Portanto, ao conhecer os gráficos e as tendências que podem ser apresentadas pelo mesmos, é possível prever com precisão para onde o valor de um determinado ativo irá se direcionar.  


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *